Clique e assine a partir de 9,90/mês

Vice de Alckmin, Ana Amélia declara apoio a Bolsonaro no 2º turno

Após fracasso do tucano na eleição presidencial, senadora disse, em suas redes sociais, que 'nas grandes decisões, os gaúchos não admitem neutralidade'

Por Estadão Conteúdo - 8 out 2018, 18h38

Um dia depois de ver seu companheiro de chapa, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), ficar em quarto lugar no primeiro turno da eleição presidencial, a senadora Ana Amélia (PP-RS) declarou apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).

“Nas grandes decisões, os gaúchos não admitem neutralidade! Fui uma das maiores defensoras do impeachment de Dilma Rousseff e uma das vozes mais fortes no Senado contra o desgoverno do PT no Brasil. Não quero que o país corra o risco da volta do PT ao poder”, defendeu a senadora em seu perfil no Twitter.

No final de julho, com o apoio do Centrão assegurado, Alckmin escolheu diretamente Ana Amélia para compor a sua chapa. O movimento desagradou a aliados porque mexeu com o xadrez político no Rio Grande do Sul, obrigando Luis Carlos Heinze a abdicar da candidatura ao governo e disputar o Senado – acabou eleito. Semanas depois, o PP gaúcho declarou apoio a Bolsonaro na eleição presidencial.

Publicidade