Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Valério diz que administrava caixa clandestino de R$ 100 milhões do PT

Revelação foi feita em delação premiada da Polícia Federal, que foi aprovada pelo Supremo Tribunal Federal

Por Hugo Marques Atualizado em 4 jul 2022, 09h59 - Publicado em 3 jul 2022, 15h00

O operador do esquema do mensalão, Marcos Valério, contou em sua delação premiada na Polícia Federal que administrava um caixa clandestino do PT com um saldo de 100 milhões de reais. A delação de Valério foi aprovada pelo Supremo Tribunal Federal e os depoimentos foram filmados.

Valério contou que, em 2005,  foi procurado pelo PT para utilizar parte do caixa clandestino para entregar 6 milhões de reais ao empresário Ronan Maria Pinto, de Santo André, que chantageava o presidente Lula, ameaçando contar detalhes sobre as ligações dos petistas com a facção criminosa PCC e o assassinato do prefeito Celso Daniel.

O dinheiro, disse o operador do mensalão, não era problema. “Eu simplesmente, eu tinha muito mais que os seis milhões na mão deles, eu tinha umas dez vezes mais que isso na mão, então, pagar os 6 milhões não era o problema”, afirmou Valério.

Em seguida, o delator contou que evitou fazer o pagamento porque soube que o caso envolvia o assassinato do prefeito Celso Daniel, que foi torturado e morto em 2002. “Se eu não tivesse rastreado tudo isso, e não tivesse chegado a essa conclusão, eu teria feito, gente. Por que que eu não ia fazer? Eu tinha mais de 100 milhões deles na mão”, afirmou Valério.

https://www.youtube.com/watch?v=DWWIqRhTRh

Condenado por corrupção no caso mensalão, Marcos Valério cumpre pena em regime domiciliar.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)