Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Urna eletrônica terá auditoria em tempo real na eleição, diz Fux

Sistema funcionará por amostragem e procedimento deverá ser acompanhado por integrantes da Justiça Eleitoral e representantes dos partidos

O novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, anunciou nesta quinta-feira (8), a implantação de uma auditoria em tempo real em urnas eletrônicas no dia das eleições. O sistema funcionará por amostragem.

Nas últimas duas semanas, Fux discutiu com a equipe técnica do TSE medidas para tornar a checagem das urnas mais transparente. Atualmente, depois de serem transportados aos locais de votação, os equipamentos já fazem uma verificação automática do sistema ao serem ligadas.

A novidade é uma inspeção extra no software, a poucas horas do início da votação, para conferir os programas. Este procedimento deverá ser acompanhado por integrantes da Justiça Eleitoral e representantes dos partidos. O TSE ainda vai definir as urnas e localidades que passarão por essa nova etapa.

Em encontro com jornalistas, Fux disse que a imprensa será parceira da Justiça Eleitoral na ofensiva contra a disseminação de fake news, tema considerado pelo ministro uma das maiores preocupações da corte. O ministro também defendeu medidas preventivas de combate à proliferação de notícias falsas.

“Se nós eventualmente descobrirmos uma empresa que tem uma colônia de robôs que ali está impulsionando (conteúdo) – evidentemente não precisa esperar que o mal ocorra”, afirmou o ministro, que também defendeu o bloqueio de bens dos responsáveis.

Ficha limpa

Sobre as próximas eleições, Fux afirmou que, “em princípio”, quem já está com a situação definida de inelegibilidade não pode fazer o registro de candidatura. “Se já está condenado em segunda instância, não é candidato sub judice (que ainda aguarda sentença final).” Sem citar nomes, afirmou que aceitar registro de candidato ficha suja é “negar a eficácia da Ficha Limpa”.

Na última terça-feira, Fux disse em sua possa no TSE que “ficha suja está fora do jogo democrático”. Dentro do TSE, a fala foi vista como um recado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que pode ser impedido de concorrer depois de ter sua confirmação em primeira instância confirmada no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

O PT tem até o dia 15 de agosto para apresentar o requerimento de registro da candidatura de Lula à Presidência. O calendário eleitoral prevê que o registro das candidaturas deve ser julgado pela Corte Eleitoral até 17 de setembro, quando Fux já terá deixado o TSE.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. HAHAHAHAHA…. Auditoria será feita pela empresa de TI de um parente da famiglia Sarney….
    ———————————–
    Cada comentário do FUX significa que ele próprio vai FUCKar a população. Este ministro tem o autêntico “toque de midas” ao contrário.

    Curtir

  2. Francisco Lemos

    Eles nao podem ser assim tao burros. Auditoria em software??? Puxa que vergonha. Brasil realmente nao tem solucao. Estamos nas maos de esquizofrenicos. Mas, tenho a impressao que eles tem certeza que todos os cidadaos sao completamente idiotas.

    Curtir

  3. news da hora

    Chegou o momento de fazer eleições limpas de verdade . E está nas mãos dos ministros Fuz , Carmen e Raquel .

    Curtir

  4. news da hora

    Fux , Carmen e Raquel promovam eleições limpas , com candidatos fichas limpas de verdade .

    Curtir

  5. news da hora

    Apresentem um mix de candidatos para presidentes com nomes limpos e honrados . Chega de raposas ladronas como o Lula , Renan , Aécio e cias .

    Curtir

  6. news da hora

    O novo judiciário precisa mostrar sua força , e engrandecer de verdade a nossa democracia . Acabem com as industrias de liminares .

    Curtir

  7. news da hora

    As industrias de liminares só produziu o crescimento de políticos vigaristas no nosso Brasil .

    Curtir

  8. Sem impressão, não é eleição, é simulação. Auditoria eletrônica é tão confiável quanto votação na caixa preta eletrônica. Me engana que eu gosto!

    Curtir