Clique e assine com até 92% de desconto

Tumor de Roberto Jefferson é maligno

O presidente do PTB e réu no processo do mensalão está internado em hospital no Rio de Janeiro. Exames feitos após cirurgia confirmaram o câncer

Por Gabriel Castro 1 ago 2012, 13h49

O tumor que atinge o pâncreas do presidente do PTB, Roberto Jefferson, é maligno. A confirmação foi dada nesta quarta-feira pela assessoria do ex-deputado.

Jefferson passou por uma intervenção cirúrgica no sábado para extrair parte do tumor, de quatro centímetros. A análise feita pelos médicos confirmou que Jefferson tem um câncer no pâncreas. O anúncio oficial deve ser feito pelos profissionais do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, até esta quinta-feira.

A assessoria do presidente do PTB ainda não sabe dizer quando o tratamento terá início. O ex-deputado continua internado.

Roberto Jefferson é um dos principais réus do processo do mensalão, que o Supremo Tribunal Federal (STF) começa a julgar nesta quinta-feira. Ele foi o delator do esquema de compra de apoio ao governo no Congresso. Criador do epíteto que deu nome ao escândalo, teve o mandato cassado na Câmara e responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Continua após a publicidade
Publicidade