Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Temer viaja para encontro da ONU e Toffoli assume a Presidência

No Planalto, presidente do Supremo deve homenagear o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes e reconduzir conselheiro do CNJ

Por Da Redação Atualizado em 24 set 2018, 10h17 - Publicado em 24 set 2018, 09h16

O ministro José Antonio Dias Toffoli assumiu a Presidência da República neste domingo 23, com a viagem do presidente Michel Temer (MDB) aos Estados Unidos para participar da assembleia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) é o quarto na linha sucessória do Palácio do Planalto, pelo fato de Temer não ter um vice.

Desde abril, todas as vezes em que o presidente se ausenta do país, também o fazem o segundo, o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o terceiro, o presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE). Maia e Eunício são candidatos à reeleição e, por isso, não podem assumir o Planalto sob o risco de ficarem inelegíveis.

  • Na agenda, Dias Toffoli deve assinar um decreto que inclui o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes (1916-2005), fundador do PSB, no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria. Ele também deve reconduzir Henrique Ávila para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Essa é a primeira vez que Toffoli será presidente da República em exercício.

    Enquanto isso, nos Estados Unidos, Temer vai se encontrar com o secretário-geral da ONU, António Guterres, com o presidente da Colômbia, Iván Duque Márquez, e com os demais governantes do Mercosul.

    (Com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade