Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer sobre votação da Câmara: ‘A verdade venceu’

Presidente agradeceu aos deputados por 'reafirmarem o compromisso com o governo' e indicou que vai priorizar a execução da sua agenda econômica

O presidente Michel Temer (PMDB) divulgou um vídeo nesta quinta-feira comemorando o resultado da votação de ontem da Câmara dos Deputados, quando foi rejeitada a autorização para que a denúncia contra ele seguisse ao Supremo Tribunal Federal (STF). A acusação contra o peemedebista, feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR), tratava dos crimes de obstrução da Justiça e organização criminosa e agora ficará suspensa até que Temer deixe a Presidência.

Na gravação divulgada, ele diz que “a verdade venceu” e agradeceu os parlamentares que “reafirmaram o compromisso” com seu governo. “Agora é a hora de transformar o país e superar os nossos medos. Agora é avançar”.

Ao longo de pouco mais de três minutos, Temer afirmou que o Brasil “ficou mais forte depois de ter as suas instituições testadas de forma dramática” e que “prevaleceram as garantias individuais e institucionais do nosso povo”. A despeito da crise política que o país atravessa desde que vieram a público as colaborações premiadas dos executivos da JBS, o presidente alegou que “a normalidade do país nunca foi afetada e agora prossegue ainda mais forte”.

Michel Temer também deu o tom do que deve ser o seu governo a partir de agora, com a prioridade absoluta para a execução da agenda econômica contida no plano “Ponte para o Futuro”, que envolve as reformas estruturais, a exemplo da Previdência, e um amplo programa de privatizações. Como tem sido praxe nas últimas inserções publicitárias do governo, o presidente exaltou o panorama econômico do Brasil: “Com a melhora da economia, estamos reencontrando os empregos, os investimentos estão voltando e o consumo das famílias está crescendo”, defendeu.

Temer prosseguiu, argumentando que “os salários recuperaram o poder de compra”, “a inflação despencou” e “os juros caem de forma responsável e consequente”. Segundo o peemedebista, o país bateu “recorde de produção no campo e a indústria vem reagindo bem”.

Saúde

Michel Temer também usou o Twitter para agradecer “os militares da equipe médica e integrantes do HMAB, pela dedicação e atenção que tiveram enquanto estive no hospital”. Na quarta-feira, ele passou mal com dores abdominais e foi internado para exames, sendo diagnosticado com uma obstrução da uretra.

O peemedebista afirmou que já está trabalhando normalmente nesta quinta, mesmo depois de orientação médica para “desacelerar”: “Os médicos me recomendaram desacelerar, mas temos muito o que fazer. Já estou no Palácio do Planalto, cumprindo agenda. Vamos em frente”.