Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer oferece Comunicações a Kassab e irrita bancada do PSD

Causou revolta na bancada do PSD na Câmara a proposta do vice-presidente Michel Temer (PMDB) para que o ex-ministro das Cidades Gilberto Kassab assuma o Ministério das Comunicações em vez de retornar ao posto que ocupou no governo Dilma Rousseff até semanas atrás. Chegou ao partido a informação de que o vice acertou com o PSDB a entrega do Ministério das Cidades ao deputado Bruno Araújo (PE) que deu o voto de número 342 e decretou a aprovação do impeachment na Câmara. O PSD deu 29 votos favoráveis e não aceita ser deslocado de pasta. Peemedebistas, por sua vez, não querem ver Kassab de volta ao primeiro escalão, uma vez que ele permaneceu ao lado de Dilma até a véspera do impeachment e trabalhou (sem sucesso), com aval de Dilma e do PT, para a criação de novos partidos como o PL, que enfraqueceriam o PMDB, a exemplo do que o PSD fez com DEM e PSDB, em 2011. A bancada do PSD vai se reunir ainda nesta noite com o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, que é presidente nacional do partido. Até agora, os deputados impuseram o nome de Kassab. Ele deseja retornar ao posto de ministro, mas rejeita assumir outra pasta com a qual não tenha afinidade. A leitura no PSD é que inimigos de Kassab no PMDB e no PSDB se uniram contra ele e podem tirar do partido uma pasta com muito mais capilaridade e visibilidade eleitoral. (Felipe Frazão, de Brasília)