Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Substituto de Cunha pede ‘apoio’ a deputados governistas

O deputado Waldir Maranhão (PP-MA), substituto de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) como presidente da Câmara, pediu apoio a parlamentares em reunião nesta tarde. “Vocês precisam me ajudar, eu estou num momento difícil”, afirmou, segundo relatos de deputados presentes. Estavam lá, entre outros, Orlando Silva (PCdoB-SP), Maria do Rosário (PT-RS), Alessandro Molon (Rede-RJ). O pedido para reabertura dos debates, atendido por ele, foi do Psol. Mais cedo, ele havia dito que era preciso ainda “aguardar” que se defina se ele será ou não presidente da Câmara. Maranhão foi notificado às 6 horas do afastamento de Cunha e já circula pela Câmara com segurança reforçada, antes destinada ao peemedebista. Depois de irritar Cunha e sua tropa de choque ao ocupar o gabinete da Presidência da Câmara, Maranhão voltou ao gabinete da primeira vice-presidência e recebeu parlamentares governistas. Ele atendeu a um requerimento para reabrir a sessão do plenário a partir das 14 horas, mas deve manter discrição até a sessão de julgamento do Supremo Tribunal Federal desta quinta-feira, quando é esperada uma decisão colegiada sobre o afastamento de Cunha. Maranhão também é investigado na Operação Lava Jato e sempre operou na Câmara com o peemedebista, mas votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. (Felipe Frazão, de Brasília)