Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Skaf terá tenente-coronel da PM como candidata a vice em SP

Carla Basson, que comanda um batalhão na cidade de Jundiaí (SP), vai se licenciar do cargo e se filiar para disputar as eleições em chapa pura do MDB

Por Da Redação Atualizado em 23 jul 2018, 21h31 - Publicado em 23 jul 2018, 18h00

A pré-campanha de Paulo Skaf (MDB), presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), definiu a tenente-coronel da PM de São Paulo Carla Danielle Basson como candidata a vice-governadora do Estado.

A policial comanda, desde maio, o 11º batalhão da PM no interior paulista, responsável pelo patrulhamento de Jundiaí, Itupeva e região. Ela se licenciará do cargo para se filiar ao MDB e disputar as eleições.

Pelas regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), militares da ativa não precisam respeitar o prazo de se filiar em até seis meses antes das eleições, podendo se juntar aos partidos durante o período de suas convenções, que vigora de 20 de julho a 5 de agosto.

  • Ao jornal Valor Econômico, Skaf afirmou que a escolha se deveu por Carla ser mulher e policial militar, características que darão à sua chapa “diversidade” e “espírito público”. O pré-candidato do MDB não fechou ainda nenhuma coligação para a disputa, sendo que a maior parte dos partidos está orbitando, até agora, entre as candidaturas do atual governador, Márcio França (PSB), e do ex-prefeito João Doria (PSDB).

    Skaf é o segundo entre os quatro principais candidatos, de acordo com as últimas pesquisas, a anunciar a composição de chapa para as eleições. O primeiro foi Doria, que terá o deputado Rodrigo Garcia (DEM) como o companheiro de chapa.

    (Com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade