Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Site de Aécio sofre ataque de hackers após volta ao Senado

Ação foi protesto contra a decisão dos parlamentares de permitir que tucano retomasse mandato; ele estava afastado desde setembro após denúncia da PGR

Por Da Redação Atualizado em 19 out 2017, 22h02 - Publicado em 19 out 2017, 15h21

Um grupo de hackers tirou do ar nesta quinta-feira o site do senador Aécio Neves (PSDB-MG). A página ficou inativa por cerca de três horas. O ataque aconteceu em protesto contra a decisão do Senado de permitir que o tucano retomasse o mandato.

  • “Indignado com a atual situação política do Brasil, com os votos favoráveis ao corrupto senador Aécio Neves, vamos iniciar uma série de ataques aos sites de todos aqueles que resolveram ferrar o brasileiro devolvendo o poder ao parlamentar corrupto”, escreveu o grupo chamado Anon H4 no Facebook, ao anunciar o ataque. “Embora seja algo que para muitos não soluciona o problema, estamos aqui para demonstrar nossa força, nossa indignação. Esperem por nós.”

    Aécio estava afastado do Senado desde setembro por determinação da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal. O parlamentar foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça.

    A página já voltou ao ar. VEJA entrou em contato com a assessoria do senador, mas não obteve resposta.

    Continua após a publicidade
    Publicidade