Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Sindicalistas estudam manifestação de rua contra mínimo de Dilma

Centrais se reúnem hoje para discutir o que seria primeira manifestação de rua contra o novo governo

Por Da Redação 7 fev 2011, 11h18

Sindicatos também pretendem marcar um encontro com os presidentes da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e do Senado, José Sarney (PMDB-AP)

Representantes das centrais sindicais se reuniram hoje para discutir a estratégia que irão adotar na negociação sobre o reajuste do salário mínimo, após a negativa do governo, no encontro que reuniu ministros e sindicalistas na última sexta-feira, de elevar o valor proposto para além de R$ 545.

De acordo com a assessoria de imprensa da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), os sindicalistas querem organizar uma grande manifestação em março a favor de um aumento maior que o oferecido pelo governo. Eles também pretendem marcar um encontro com os presidentes da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Enquanto os sindicatos querem um salário mínimo de R$ 580, o governo não abre mão de R$ 545, como deixou claro o ministro da Fazenda, Guido Mantega, na reunião de sexta-feira. Participaram do encontro de hoje os presidentes das seis centrais sindicais: Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) e União Geral dos Trabalhadores (UGT), além da CTB.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês