Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Servidores da Receita acessaram dados fiscais de Bolsonaro e familiares

Segundo comunicado do Fisco, que acionou a Polícia Federal, uma sindicância concluiu que os dois funcionários não tinham motivação legal para a ação

A Receita Federal acionou a Polícia Federal para investigar dois servidores do órgão que acessaram de maneira irregular dados fiscais do presidente Jair Bolsonaro e de integrantes de sua família – o Fisco não informou quais parentes tiveram os dados acessados.

A constatação da irregularidade foi feita por meio de uma sindicância, que concluiu que os dois servidores do órgão consultaram os dados sem motivação legal. Os nomes e os cargos dos funcionários não foram divulgados.

De acordo com comunicado oficial, além de avisar a PF, a Receita abriu processo administrativo para apurar a responsabilidade funcional dos envolvidos. O Fisco não informou quando ocorreu o acesso aos dados nem forneceu mais detalhes sobre o caso.

Segundo a Globonews, a PF já realizou mandados de busca e apreensão relativos a essa investigação.

‘Gravíssimo’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a violação dos dados fiscais de Bolsonaro e seus familiares é um ato “gravíssimo”. “A Receita deveria abrir logo procedimento para afastá-los do serviço público”, disse.

Os líderes do PSDB, Carlos Sampaio (SP), e do DEM, Elmar Nascimento (BA), classificaram o episódio de “muito grave. “Se até o presidente da República sofre abuso de poder, imagina o que acontece com o cidadão comum no dia a dia”, afirmou Elmar. “Sem dúvida a quebra de sigilo, sem autorização judicial, é muito grave”, disse Sampaio.

(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Regina Montteiro Rosa

    Deve ser esse pessoal do elenão.

    Curtir