Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Servidor do Planalto inseriu elogios a Padilha na Wikipédia

Registros indicam, segundo jornal, que responsável pela edição do Blog do Planalto modificou página sobre o ex-ministro da Saúde

Registros mantidos pela enciclopédia colaborativa Wikipédia indicam que o servidor federal Fernando Ramos da Silva, coordenador-geral de produção e divulgação de informações do Planalto, editou a página sobre o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, candidato ao governo de São Paulo pelo PT, a partir de um computador da Presidência, para inserir elogios ao petista. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Leia também:

Leia também: CUT prega ‘terror’ em caso de vitória de Aécio ou Campos

Na segunda-feira o jornal informou que onze computadores do Planalto foram usados para editar páginas na enciclopédia colaborativa em prol da presidente Dilma Rousseff e de seu ex-ministro. Um endereço de IP registrado em nome da Presidência foi usado para, anonimamente, incluir elogios e excluir citações sobre suspeitas de corrupção envolvendo Padilha.

Segundo a Folha, três alterações na página feitas logo após a realizada por esse IP foram assinadas por “Fernandoramosdf”, apelido que o servidor utiliza em redes sociais. Uma dessas alterações tem conteúdo idêntico à que foi inserida a partir do IP do Planalto. Ramos é também responsável por editar o Blog do Planalto.

Em texto alterado em 10 de dezembro, Padilha é descrito como “defensor do SUS e do acesso ao sistema, sobretudo de pessoas mais carentes”. A página ainda se refere a Dilma como presidenta, termo adotado oficialmente pelo governo federal para tratar a petista. Procurado pelo jornal, Ramos não quis se pronunciar.