Clique e assine a partir de 9,90/mês

Serra: ‘Temos de tirar o Brasil desse salvacionismo populista’

Ex-governador manifestou apoio tímido a Alckmin mas defendeu união contra Lula e Bolsonaro

Por Guilherme Venaglia - Atualizado em 9 dez 2017, 15h36 - Publicado em 9 dez 2017, 13h52

O ex-governador e senador José Serra (PSDB-SP) utilizou boa parte de seu discurso na convenção nacional para falar na necessidade de livrar o Brasil “desse salvacionismo populista”, em referência às pré-candidaturas do deputado Jair Bolsonaro e do ex-presidente Lula.

Serra fez um apoio tímido ao nome de Geraldo Alckmin para a Presidência. Ele defendeu uma nova reforma política, com a adoção do Parlamentarismo e do voto distrital misto.

Ex-ministro da Saúde, Serra criticou a atual situação do SUS e argumentou que a candidatura tucana para 2018 deva ter como bandeiras a defesa da trajetória do partido e das suas administrações estaduais e nacional, em especial do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso

Publicidade