Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Senado e Câmara antecipam eleição de presidentes

Senadores vão às urnas na sexta-feira, 1º de fevereiro. No dia 4, será a vez dos deputados. Pressa na aprovação do Orçamento ajuda a explicar antecipação

Se não houver mudanças de cronograma, Senado e Câmara elegerão seus novos presidentes em datas nada usuais neste ano: os senadores vão escolher o sucessor de José Sarney (PMDB-AP) em uma sexta-feira, 1º de fevereiro. Os deputados vão às urnas na segunda-feira, dia 4.

Embora as atividades sejam oficialmente retomadas no primeiro dia útil de fevereiro, a tradição nas duas Casas é só assumir de fato os trabalhos na primeira terça-feira do mês. Mas nada impede que a data seja alterada.

Uma razão em especial pode ajudar a explicar a pressa dos parlamentares: o Congresso encerrou 2012 sem aprovar o orçamento deste ano, o que irritou a área econômica do governo. Para evitar ainda mais atrasos, deputados e senadores precisarão concluir a discussão antes do Carnaval – na semana seguinte à volta do recesso na Câmara.

Renan Calheiros (PMDB-AL) deve ser eleito para comandar o Senado. Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) caminha para vencer a disputa na Câmara. Ambos terão dois anos de mandato à frente de suas Casas.