Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Saída de Cardozo preocupa delegados da PF: ‘Vamos preservar a pouca autonomia’

José Eduardo Cardozo pode deixar o cargo por causa das pressões que vem sofrendo do PT desde o ano passado por causa das investigações comandadas pela instituição

Os delegados da Polícia Federal manifestaram nesta segunda “extrema preocupação” com a possível saída de José Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça – que comanda a instituição. Desde o ano passado, o ministro vem sofrendo pressões do PT por causa das investigações comandadas pela PF, o que tem piorado depois que o ex-presidente Lula entrou para a lista de investigados.

“Os Delegados da Polícia Federal receberam com extrema preocupação a notícia da iminente saída do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em razões de pressões políticas para o controle os trabalhos da Polícia Federal”, diz o texto. A categoria afirmou que vai defender “a independência funcional para a livre condução da investigação criminal” e que adotará “todas as medidas para preservar a pouca, mas importante, autonomia que a Polícia Federal conquistou”.

Os delegados também reiteraram que, diante do cenário de “grandes incertezas”, é “urgente a inserção da autonomia funcional e financeira da PF no texto constitucional”.

(Da redação)