Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Roberto Jefferson está novamente enrolado com malfeitos

Mensagens interceptadas pela Polícia Federal mostram que o escândalo do mensalão não serviu de lição para o ex-deputado federal

Em fevereiro de 2017, o secretário-geral do PTB, Norberto Paulo de Oliveira Martins, escreveu uma mensagem para o servidor de carreira do Ministério do Trabalho Renato Araújo Júnior: “Irmão, você está adotado. Você tem dois padrinhos”. Empolgado, Renato respondeu prontamente: “Vocês não vão se arrepender. Sou especialista em registro sindical (…) Marca para eu tirar uma foto com Roberto. Minha mãe é fã dele”. Em março, o servidor conseguiu o primeiro de seus objetivos: ter uma imagem de recordação ao lado de Roberto Jefferson, clicada durante um almoço em Brasília. “Obrigado pela confiança e por ter me levado ao chefe”, escreveu Renato para Norberto. Depois disso, os três passaram a agir em parceria — e os três também tiveram a prisão solicitada pela Polícia Federal, acusados de fraudes no Ministério do Trabalho.

Assine agora o site para ler na íntegra esta reportagem e tenha acesso a todas as edições de VEJA:

Ou adquira a edição desta semana para iOS e Android.
Aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    +
    –:-E££REY:
    :ï:N$$:¢ÏDente,pT&B,PqP 😮

    Curtir

  2. joao pereira de oliveira

    Esse roberto e Valdemar da costa deveria esta na prisão, são bandidos de oficio.

    Curtir

  3. CARLOS SOLRAC

    Sempre foi e sempre será bandido. Só morrendo pra parar de roubar.

    Curtir

  4. Paulo Bandarra

    É da natureza do escorpião. O homem que Lula colocaria a sua mão no fogo.

    Curtir