Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Relembre os maiores barracos do processo de impeachment

Bate-boca e ânimos exaltados não faltaram ao longo dos quase nove meses do processo de impeachment de Dilma Rousseff

Por Da redação Atualizado em 31 ago 2016, 12h28 - Publicado em 31 ago 2016, 12h26

Ao longo dos quase nove meses pelos quais se arrastou o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff não foram poucos os bate-bocas entre congressistas. A falta de decoro dos parlamentares se revelou logo nas primeiras fases da comissão especial e se estendeu até o julgamento final no Senado Federal, cujo desfecho o país conhecerá ainda hoje. Do cuspe do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) em Jair Bolsonaro (PSC-RJ) na noite de votação na Câmara à briga entre  Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Renan Calheiros (PMDB-AL), relembre as piores discussões. 

LEIA TAMBÉM:
Janaína Paschoal: ‘Dilma não explicou nada’
Reale Jr. compara crimes de responsabilidade de Dilma a ‘cadáver’

 

Publicidade