Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rejeição a Bolsonaro é maior entre mulheres e no Nordeste, diz Datafolha

Entre o público feminino, 33% achavam governo ruim ou péssimo, enquanto entre os homens este índice é de 26%

A avaliação negativa do governo de Jair Bolsonaro (PSL) é maior entre as mulheres, segundo pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste domingo, 7. De acordo com o levantamento, considerado apenas o público feminino, 33% consideram seu governo ruim ou péssimo; 28%, ótimo ou bom; 34%, regular e outros 5% não soube opinar.

A situação se inverte entre os homens, público em que a avaliação positiva é maior: 38% consideram seu governo ótimo ou bom; 33%, regular; 26%, ruim ou péssimo e 3% não soube opinar.

Entre as regiões, o Nordeste puxa a má avaliação do presidente, com 39% de opinião negativa. Em seguida vem o Sudeste, com 30%. As regiões Sul e o Centro-Oeste/Norte, registraram 22% de ruim ou péssimo.

Em termos gerais, o levantamento do Datafolha mostra que Bolsonaro tem a pior avaliação de um presidente eleito após os três primeiros meses de mandato desde 1990, quando o país voltou a ter um presidente eleito pelo povo.

De acordo com a pesquisa, 30% dos brasileiros consideram seu governo ruim ou péssimo, porcentagem próxima aos 32% dos entrevistados que o consideram ótimo ou bom e 33%, regular — 4% não soube opinar.

O Datafolha entrevistou 2.086 com mais de 16 anos em 130 municípios do país entre os dias 2 e 3 de abril. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.