Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Queda de bimotor no Pará deixa dez mortos

Causas do acidente são apuradas; situação do avião estava regular e piloto tinha a documentação em dia

Por Da Redação 13 mar 2013, 12h13

Um piloto e nove passageiros morreram após um acidente com um avião bimotor em Monte Dourado, no Pará, por volta das 20h30 desta terça-feira. O avião tinha sido fretado pela empresa de engenharia Cesbe, que é responsável pela obra da Usina Hidrelétrica Santo Antonio do Jari, para onde se dirigia a aeronave, na cidade paraense de Almeirim. O avião havia decolado em Belém.

Segundo a Fretax, empresa proprietária do bimotor, todas as informações foram passadas ao Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa-1) e o modelo Embraer 821-Carajá estava “plenamente aeronavegável, com todas as revisões atualizadas e o tripulante com habilitação e exame médico válidos.”

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) confirma as informações. Segundo a agência, os documentos do bimotor e do piloto estavam em dia. O certificado de aeronavegabilidade tinha validade até 2016, e a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) até maio de 2013.

As causas do acidente ainda estão sendo apuradas. Em nota, a Fretax lamentou o ocorrido e disse que a “empresa está prestando total assistência aos envolvidos no sinistro, bem como vem tomando todas as providências junto aos seus familiares, que receberão todo suporte e informações necessárias.”

Local do acidente

Continua após a publicidade
Publicidade