Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

PT e Psol brigam para chegar ao segundo turno em Porto Alegre

Raul Pont (PT), Nelson Marchezan (PSDB) e Luciana Genro (PSOL) aparecem tecnicamente empatados na segunda posição das pesquisas

Por Nicole Fusco 2 out 2016, 07h16

Porto Alegre chega ao primeiro turno das eleições municipais, neste domingo, com a disputa embolada entre quatro candidatos. Conforme aponta a última pesquisa Ibope, o segundo turno deve ficar entre o vice-prefeito licenciado, Sebastião Melo (PMDB), com 31% e disputam a outra vaga os candidatos Nelson Marchezan Jr. (PSDB), com 21% e Raul Pont (PT) com 19% das intenções de votos.

Leia mais:
Servidores de Porto Alegre doam R$ 102.000 a vice-prefeito

Ao longo dos últimos 45 dias, a campanha teve uma reviravolta com a queda da candidata do Psol, Luciana Genro, que estava em primeiro lugar na primeira pesquisa eleitoral e agora aparece empatada com Pont e Nelson Marchezan Junior (PSDB).

Luciana aproveitou a campanha para vender bandeiras ideológicas caras ao partido – como faz Luiza Erundina em São Paulo. Mas acabou por deixar de lado as questões relativas ao cotidiano na cidade. Um erro grave em uma disputa municipal. E que pode ajudar o PT a chegar ao segundo turno. Diante da derrocada nacional da legenda, o partido luta hoje para retomar sua antiga vitrine – de cujo comando foi afastado há doze anos.

Continua após a publicidade
Publicidade