Clique e assine a partir de 9,90/mês

PSDB endossa texto de Rebelo para Código Florestal

Bancada tucana na Câmara se reuniu com relator do projeto e definiu apoio nesta terça-feira; proposta deve ser aprovada com folga

Por Gabriel Castro - 5 abr 2011, 16h16

A bancada do PSDB aderiu à proposta do relator Aldo Rebelo (PC do B-SP) para o novo Código Florestal. Em reunião com Rebelo nesta terça-feira, os deputados tucanos confirmaram o que já era previsto: irão votar a favor do texto. Partidos como PMDB, PDT e PR já haviam seguido o mesmo caminho. A tendência é de que a proposta seja aprovada por larga maioria.

A maioria dos parlamentares do PSDB é a favor da proposta; mas repreentantes ambientalistas, como Mendes Thame (PSDB-SP) e Ricardo Trípoli (PSDB-SP), divergem de alguns itens sugeridos pelo relator. Os pontos mais controversos dizem respeito à reserva legal, à área preservada às margens de rios e à anistia a agricultores que tenham desmatado.

A maior resistência ao texto de Aldo Rebelo vem da bancada ambientalista, que vê no novo Código Florestal uma forma de incentivar a impunidade a desmatadores. O projeto deve chegar à pauta de votações do plenário nos próximos dias. Nesta terça, o grupo de trabalho criado para dar forma ao texto final da proposta deve encerrar os trabalhos.

Publicidade