Clique e assine a partir de 9,90/mês

PSDB aciona Ministério Público contra servidores de prefeitura do PT

Por Da Redação - 26 maio 2014, 20h05

O PSDB apresentará nesta quinta-feira ao Ministério Público de São Paulo um pedido de investigação contra funcionários da prefeitura de Guarulhos (SP), administrada por Sebastião Almeida (PT). Servidores locais são suspeitos de ter utilizado computadores da instituição para criar páginas na internet com ofensas ao presidente da legenda e pré-candidato à presidência da República, senador Aécio Neves (MG). O coordenador jurídico nacional da pré-campanha do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), planeja duas representações – por improbidade administrativa e crime contra a honra. “É inaceitável o PT utilizar estrutura do Estado para difamar”, disse. Sampaio afirmou também que encaminhará nesta terça-feira uma representação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o PT por propaganda eleitoral antecipada negativa. A informação de que parte dos ataques virtuais a Aécio partiu de equipamentos localizados dentro da prefeitura de Guarulhos consta em documentos da Justiça paulista. Os vínculos dos administradores dos perfis anti-Aécio no Facebook com a prefeitura petista foram publicados pelo jornal Folha de S.Paulo. Em sua página oficial, Aécio se disse vítima de uma “covarde campanha de agressões, calúnias e mentiras nas redes sociais”. Aécio chamou de “jogo baixo” o suposto envolvimento do PT no caso. Afirmou, ainda, que a atitude demonstra “desespero” e “falta de responsabilidade” dos adversários. (Com Estadão Conteúdo)

Publicidade