Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Prefeita de São João da Barra é presa por compra de votos

Carla Machado, do PMDB, vinha sendo investigada pela Polícia Federal. Disputa eleitoral na cidade é impulsionada pelos investimentos de Eike Batista no Porto do Açu

Por Da Redação 3 out 2012, 09h51

Uma operação da Polícia Federal prendeu, na madrugada desta quarta-feira, a prefeita de São João da Barra, no Norte Fluminense. Carla Machado, que não concorre à reeleição, vinha sendo investigada por crime eleitoral: ela é acusada de pagar para que outros candidatos desistam de concorrer, abrindo caminho para uma eleição tranquila de seus aliados do PMDB. Também foi preso o vereador Alexandre Rosa, candidato a vice-prefeito pelo partido.

Carla Machado foi flagrada em gravações telefônicas autorizadas pela Justiça. Nos diálogos ficou provada a negociação. Os presos foram ouvidos durante a madrugada na delegacia da Polícia Federal em Campos dos Goytacazes e, pela manhã, seriam levados ao Instituto Médico Legal, para exame de corpo de delito antes de ser liberada para responder em liberdade.

A eleição na pequena São João da Barra é disputada. A cidade recebe investimentos de 3,8 bilhões de reais das empresas de Eike Batista, no Porto do Açu, que deve começar a operar em 2012. O início da movimentação porto, a maior obra de infraestrutura portuária da América Latina, coincide com o começo do quadriênio ‘de ouro’ para a prefeitura da cidade. São João da Barra se tornará independente dos recursos dos royalties do petróleo e sairá de uma arrecadação de 350 milhões de reais para 700 milhões em 2015.

A presidente Dilma Rousseff visitou a cidade em abril, para ver de perto as obras no Porto do Açu, acompanhada de Eike Batista e da prefeita.

Continua após a publicidade

Carla Machado tem como inimigo político o ex-governador Anthony Garotinho, que em seu blog publicou recentemente uma gravação em que uma mulher – supostamente Carla – contrata um capanga para espancar uma desafeta. A prefeita negou o caso, em nota oficial da prefeitura.

LEIA TAMBÉM:

O que leva Dilma Rousseff à pequena São João da Barra

A disputa pela prefeitura da cidade de Eike Batista

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês