Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por desbloqueio de bens, Lula apresenta a Moro relatório com 72 palestras

Documento mostra conferências contratadas por 45 empresas, incluindo seis empreiteiras que participaram do petrolão. Petista tem cerca de R$ 9 mi bloqueados

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta quarta-feira (2) ao juiz federal Sergio Moro um relatório com palestras dadas por ele entre os anos de 2011 e 2015. Os advogados sustentam que o documento, elaborado pela LILS Palestras, empresa de Lula, comprova a origem lícita dos cerca de 9,6 milhões de reais bloqueados pelo magistrado em contas bancárias e planos de previdência privada do petista no âmbito do processo do tríplex do Guarujá. Na última segunda-feira (30), diante de um pedido da defesa para que desbloqueie os valores, Moro determinou que fosse esclarecida a “origem remota” dos recursos.

No relatório, que tem 28 páginas, são enumeradas 72 palestras no Brasil e no exterior, em que a LILS Palestras foi contratada por 45 empresas, entre as quais as empreiteiras Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa e UTC, todas envolvidas no esquema de corrupção na Petrobras descoberto pela Operação Lava Jato. Os registros não informam quanto foi pago por cada palestra e são acompanhados de fotos que, conforme a defesa, “comprovam a realização” delas.

Em julho de 2017, a Polícia Federal encaminhou à força-tarefa da Lava Jato no Paraná um inquérito que apura supostos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no recebimento, pela LILS, de cerca de 9 milhões de reais de empreiteiras envolvidas no petrolão. Até o momento, o Ministério Público Federal (MPF) não apresentou denúncia à Justiça com base na investigação.

“Esse relatório, associado ao parecer técnico e aos documentos fiscais e bancários que instruíram esse documento não deixam dúvida sobre a origem lícita dos valores existentes nas contas bancárias do Peticionário”, sustenta a defesa.

Para atender à decisão de Sergio Moro de impor uma multa de 16 milhões de reais ao petista por reparação de danos no caso do tríplex do Guarujá, foram bloqueados 9 milhões de reais em planos de previdência privada de Lula, 606.727 reais em quatro contas bancárias, além de imóveis e carros.

Ao pedirem o desbloqueio de bens de Lula, preso em Curitiba desde o dia 7 de abril, os advogados do petista alegaram que a medida coloca em risco a “subsistência” dele e de sua família e o direito do ex-presidente à defesa. “Como dizer-se que o Estado de Direito não está em xeque se é negado ao Primeiro Peticionário o direito à própria subsistência e, ainda, ao elementar direito de defesa, em razão do açodado bloqueio de todos os seus recursos de origem lícita? Como suportar os custos de uma defesa diante desse cenário?”, questionaram os defensores.

Eles argumentam que o direito à ampla defesa envolve a contratação de técnicos “em diversas áreas”, além de haver despesas com deslocamentos de advogados e custas processuais nas sete ações penais a que ele responde no Paraná e no Distrito Federal. “Os defendentes do Primeiro Peticionário terão que se deslocar para diversos locais do País, exigindo gastos com passagens aéreas e demais despesas decorrentes da viagem”, sustenta a defesa.

Leia aqui o relatório apresentado pela defesa do ex-presidente.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ronaldo Silva Jr

    Que horror. Acredito que o Juiz não vai acreditar nisso aí, não. E no mais o ex já deve ter gasto mais de 50 milhões com sua defesa. O que é 9 milhões?

    Curtir

  2. Osnir Sotério

    Palestras são um produto, e como qualquer outro produto, para que ganhe valor comercial depende de propaganda. O palestrante divulga suas palestras para que seu púbico alvo potencial possa se interessar por ela. Assim funciona com os maiores palestrantes do mundo, Bill Gates, CK Prahalad, Donald Trump, Al Gore, entre outros, TODOS fazem assim. Porque antes de acontecer a lava jato ninguém nunca tinha ouvido falar de Lula dando palestras? E porque, estranhamente, as supostas contratantes das famigeradas palestras são exatamente as mesmas empresas que estão envolvidas no esquema de corrupção implantado pelo PT no Brasil? Sério que alguém acredita na tese da defesa do Lula? Chega a ser desrespeitosa a descaração da defesa desse bandido em enganar o povo.

    Curtir

  3. Daniel Cardoso

    O Camelô de empreiteiras.

    Curtir

  4. Sem gravação da áudio e vídeo ou pelo menos áudio como provar palestra? Vem mais polêmias. Palestras são acervos das empresas. Há alguma palestra do YouTube? Não. Nem dele me nem da PassaDilma.

    Curtir

  5. Ataíde Jorge de Oliveira

    @
    a;b;ç
    D,1;7:
    :1 😮

    Curtir

  6. sinesio gimene

    kkkk o babaca é louco para aparecer, cade as gravações e os post na internet, ele posta tudo quanto é bobagem que ele aparecere , nao perderia tempo em aparecer dizendo que fez a palestra mostrando as bobagens aos petralhas, engana que eu gosto

    Curtir

  7. sinesio gimene

    ele tem a midia dos ptralhas, para mostrar as bobagens que ele diz , cade as gravaçoes das porcarias que ele fala, sempre a mesma historia, vim de familia humilde , no carro de boi , ou caminhao de boi vim pra sum paulo e venci fui presidente do brasil, onde qualquer orelha grande pode , basta convencer uma massa de antas

    Curtir

  8. Luiz Osório

    A criação do Instituto Lula e os contratos para as tais “palestras” foram apenas uma forma encontrada para o recebimento de propinas e lavagem de dinheiro. As obras das construtoras amigas de Lula no exterior, com os empréstimos do BNDES, somente na Venezuela e em Moçambique, com os previsíveis calotes desses países, já representam, no momento, um prejuízo de mais de um bilhão de reais que o Tesouro Nacional terá de pagar. E o Lula ainda quer desbloquear 9 milhões de reais das propinas recebidas pelas falsas palestras?

    Curtir