Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Policiais e servidores entram em confronto perto da Alerj

Servidores protestam contra a proposta que pretende privatizar a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae); Cinco PMs foram atingidos por pedras

Policiais militares e servidores públicos estaduais entraram em confronto na tarde desta quinta-feira, em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O protesto aconteceu durante uma sessão extraordinária que apreciava os vetos do governo estadual pelos deputados.

Os militares interviram com balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio. Os manifestantes – alguns mascarados – reagiram arremessando pedras contra os policias. Os servidores públicos protestavam contra a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae).

Policiais militares formaram uma barreira em frente à Alerj impedindo os manifestantes de entrarem no local. Cinco policias foram atingidos com pedradas. A segurança no entorno da Assembleia foi reforçada.

Alguns manifestantes quebraram bancos. Dentro da Alerj, deputados e assessores usam máscaras para suportar os efeitos das bombas de gás arremessadas pela PM. Neste momento, deputados votam os vetos do governo.

A sessão que votaria a proposta de privatização da Cedae estava marcada para começar às 15 horas, porém o presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB), alterou o horário para as 19 horas.

Crise

A proposta autoriza o governo a usar as ações da Cedae como garantia para o empréstimo de 3,5 bilhões de reais da União para que o governo coloque o pagamento dos servidores em dia. Essa autorização não apenas garante o empréstimo, como também sustenta todo o plano de recuperação fiscal de ajuda da União ao estado do Rio de Janeiro, que representa 62 bilhões de reais de alívio no caixa do Estado ao longo de três anos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Robson La Luna Di Cola

    Bens públicos não podem ser privatizados. Daqui a pouco vão privatizar ruas, calçadas, estradas, o ar atmosférico, as praias e os oceanos. Chega!

    Curtir

  2. O Trompete Liberal

    Eu torço pra PM !!!

    Curtir

  3. Marcelo Ferreira

    chega de mordomias, ganhar sem esforço, privatização já.

    Curtir

  4. Ronaldo Serna Quinto

    #privatuzatudo

    Curtir

  5. Tem de privatizar mesmo…Se a Petrobrás fosse privatizada há anos, nada disso estaria acontecendo..Em Linhares, por exemplo, no Norte Capixaba, 70 empreiteiras a serviço da estatal que movimentam o comércio foram embora…E os indicados em empresas públicas s]ao em sua maioria políticos ou ligados a eles e só deixam rombo… O PT demonizou a privatização de 133 estatais por US$ 33 bilhões por FHC, demonizizou o FMI que só queriam que o governo não gastasse mais do que arrecada, demoniza a classe média, bamqueiros,agronegócio e td o m,ais que faz esse País ir para a frente…Em Vitória, a Capital, petista estão questionando o governador ” que entregou a segurança para o Exécito..Tenha piedade, o Estado um caos e PM nos quartéis tinha de ser o Exército mesmo..O Petismo foi a maior desgraça que esse país passou..esperamos que nunca mais volte ao poder de novo..

    Curtir

  6. a veja assumiu seu lado comunista, agora fala em protesto quando o que se vê são milícias com caras de PCC usando rojões como armas contra tudo e contra todos. Isso não é protesto, é crime mesmo, é terrorismo

    Curtir

  7. Jorge Corrêa de Araújo

    Essa revista está ficando mesmo decadente. Como pode chamar de manifestantes um grupo mascarado portando lança rojões em direção aos policiais! Trata-se de puro ato terrorista e são chamados de manifestantes!! Por isso mesmo deixei de ser assinante dessa revista esse ano.

    Curtir

  8. Sidney Barros

    Funcionarios publicos da CEDAE
    O que eu vi nas fotos são desordeiros anarquistas (provavelmente eleitores do PSol e PSTU) os mesmos jovens que se mascaram como black blocs.
    Essa semelhanç não é mera coincidencia.

    De funcionaeio publico da CEDAE nao vejo nada.

    Curtir

  9. Eu duvido que a maioria dos mascarados ali sejam realmente funcionários da Cedae. Duvido! Como sempre a bandidagem aproveita o momento para cobrir a cara e quebrar tudo. Esse país acabou de vez.

    Curtir

  10. Fernanda Silva

    Por isso o governador vai dá aumento à PM, para que estes policiais coibam e maltratam funcionários que não estão recebendo salários!! !!!

    Curtir