Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PGR denuncia Jair Bolsonaro por crime de racismo

Filho do parlamentar, Eduardo Bolsonaro é acusado por agredir uma jornalista

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) os deputados federais Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Jair foi acusado de racismo contra negros, quilombolas, refugiados, mulheres e LGBTs durante palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017.

Em nota da PGR, o órgão afirma que “avalia a conduta de Jair Bolsonaro como ilícita, inaceitável e severamente reprovável. Para a PGR, o discurso transcende o desrespeito aos direitos constitucionais dos grupos diretamente atingidos e viola os direitos de toda a sociedade. Ela ressalta que a Constituição garante a dignidade da pessoa, a igualdade de todos e veda expressamente qualquer forma de discriminação.”

No discurso, de cerca de uma hora, ele teria usado “expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais”. Entre elas, uma em que disse que as comunidades tradicionais “não fazem nada” e “só servem para procriar”.

A procuradora-geral pediu que o deputado seja considerado culpado por duas incidências de racismo, com pena de um a três anos de prisão em regime fechado cada uma, mais o pagamento de uma multa por ferida a danos morais coletivos, no valor indenizatório mínimo de 400.000 reais.

Sobre mulheres, Dodge cita uma fala em que o parlamentar diz que “fraquejou” ao ter uma filha mulher: “Eu tenho cinco filhos. Foram quatro homens, a quinta eu dei uma fraquejada e veio uma mulher”. Sobre pessoas LGBT, a procuradora-geral recupera falas do deputado em outros momentos, como por exemplo quando disse que “se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater.”

Leia a íntegra da denúncia contra Jair Bolsonaro.

Eduardo Bolsonaro

Já Eduardo foi acusado por ameaça à jornalista Patrícia Lélis. Em sua conta no Facebook, o também deputado anunciou que estaria namorado Lélis, que, assim como ele, era filiada ao PSC. Patrícia desmentiu Eduardo, o que provocou uma discussão entre os dois no aplicativo de mensagens Telegram.

Nas mensagens, registradas pela jornalista e anexadas à denúncia, o deputado Eduardo Bolsonaro diz que ela “falar mais alguma coisa”, ele acabaria com a vida dela. Diante da pergunta se se trataria de uma ameaça, o parlamentar responde: “Entenda como quiser”.

A conversa prossegue e o deputado teria dito que ela “deveria ter apanhado mais para aprender a ficar calada”. “O aviso está dado”, completa. Segundo a procuradora-geral escreve, a operadora de telefonia celular confirmou que o número que originou as ligações pertence ao filho de Bolsonaro. Raquel Dodge pede pena de um a seis meses e multa de 50.000 reais como punição

Leia a íntegra da denúncia contra Eduardo Bolsonaro.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Riqui turturial 019

    Kkkkk tenho que rir pra poder ver uma coisa dessa, o povo tão tudo se borrado de medo, de jair na presidência,que tão criando até, bosta por pouca coisa, tudo isso,é poder atrapalhar sua candidatura, pois sabem eles,que jair quebrarar todos os laços,dos petista da esquerda, força meu futuro presidente, muita força?,mas eu tenho certeza que o Sr vai chegar la,e meu voto é seu.

    Curtir

  2. gilson schnaider

    O Jair Bolssonaro sera um exelente presidente.

    Curtir

  3. ZepraFera cordeiro 14

    vao toma no cachi pero comentaristas de meia tigela abaixo seus madefoque penefo uh vao chupar o cachi pero do jair bolssonaro que voces ganham mais do do escrever comentarios idiotas seus madefoque penefo uh

    Curtir

  4. ZepraFera cordeiro 14

    cade o jair bolssonaro disseram que o cara é ficha limpa ai o cara me faz coisa dessa coisa de ninho mesmo seus madefoque penefo uh comentaristas abaixo kkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  5. VERDE e AMARELO

    Tomara que ele seja eleito e convoque a intervenção militar, transforme o Brasil no cemitério do comunismo! Nós brasileiros de verdade, estamos de saco cheio dessa PGR, dessa OAB, dessa CNBB, desses movimentos sociais, dessas Ongs, dessa ONU, vão todos @#%&***!!!

    Curtir

  6. Italo Soares.

    Ele é burro tbm viu, está vendo o estão com medo do cara e fala besteira que só

    Curtir

  7. Alguém poderia imaginar Lula livre, em plena campanha eleitoral, sendo ameaçado de continuar nela por um processo movido por Dodge por desrespeitar o judiciário brasileiro, ou tecer comentário em relação ao grelo duro, ou sobre a companheira a espera dos policiais federais, da menção racial feita a Joaquim Brabosa?
    Quem é seu candidato Dodge? Ele está ruim nas pesquisas, e o processo é pra dá uma guinada na campanha dele?

    Curtir

  8. Hattori Hanzo

    Ele fala sobre Quilombolas entre 37 e 39 minutos, ver racismo no comentário é muito mau-caratismo.
    O que importa é o que ele fala dos 45 minutos ao final.

    Curtir

  9. Antonio Augusto Simoes

    Patricinha, dondoquinha, filhinha de papai e mulher da bolha, Raquel Dodge, é melhor JAIR se acostumando.

    Curtir

  10. Raquel Dodge não foi aquela nomeada pelo presidente citado em diversas crimes de corrupção? Será esse um ato para tentar favorecer o ‘chefe’ nas eleições!? tentando derrubar o líder popular das pesquisas!?

    Curtir