Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF prende Palocci em etapa que investiga favorecimento a Lula

Chefe da Fazenda no governo Lula e da Casa Civil no 1º mandato de Dilma, Palocci é suspeito de atuar como intermediário dos interesses da Odebrecht

A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira, na 35ª fase da Operação Lava Jato, o ex-ministro Antonio Palocci, em São Paulo. Chefe da Fazenda no governo Lula e da Casa Civil no primeiro mandato de Dilma, Palocci é suspeito de atuar diretamente como intermediário dos interesses da Odebrecht, a maior empreiteira do país e cujo diretor-presidente, Marcelo Odebrecht, está atrás das grades desde junho do ano passado. Também foram presos o ex-chefe de gabinete de Palocci Juscelino Dourado e o ex-assessor Branislav Kontic.

Considerada uma das fases mais importantes da Lava Jato, a nova etapa das investigações sobre o petrolão apura também supostos favorecimentos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele próprio já réu em dois processos relacionados ao escândalo de corrupção na Petrobras, por meio do Setor de Operações Estruturadas, considerado um departamento da propina da Odebrecht. As suspeitas de novas benesses em favor de Lula teriam intermediação do pecuarista José Carlos Bumlai, já preso na Lava Jato. Investigadores que atuam no caso estimam que este flanco da apuração superaria o que foi descoberto de Lula sobre o tríplex no Guarujá e sobre o sítio de Atibaia. Os novos indicativos envolvem um prédio que seria destinado ao ex-presidente. A Odebrecht chegou até a comprar o terreno em benefício do petista.

Batizada de Operação Omertà, em referência ao pacto de silêncio dos mafiosos, a 35ª fase da Lava Jato nesta segunda-feira recolheu evidências de que Palocci atuou deliberadamente para garantir que o Grupo Odebrecht conseguisse contratos com o poder público. Em troca, dizem os investigadores, o ex-ministro e seu grupo eram agraciados com propina. A atuação de Palocci foi monitorada, por exemplo, na negociação de uma medida provisória que proporcionaria benefícios fiscais, no aumento da linha de crédito junto ao BNDES para a Odebrecht fechar negócios na África e em uma interferência na licitação para a compra de 21 navios sonda para exploração da camada pré-sal.

Em agosto, VEJA revelou que, em suas negociações para a colaboração premiada, o ex-marqueteiro petista João Santana se dispôs a dizer aos investigadores do petrolão como os ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega – Mantega foi alvo da 34ª fase da Lava Jato na última semana – haviam se encarregado de negociar o caixa paralelo na campanha de Dilma em 2014. Palocci é o personagem principal de um dos capítulos da delação de João Santana. Nele, além da “conta” que o ex-ministro detinha com empresas investigadas no petrolão, Palocci seria delatado ao lado do braço-direito Juscelino Dourado, que distribuía parte do dinheiro do caixa dois.

Estão sendo cumpridas ordens judiciais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

No ano passado, a Polícia Federal havia aberto inquérito para apurar a participação de Antonio Palocci no escândalo do petrolão. Em acordo de delação premiada, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou que, em 2010, o doleiro Alberto Youssef intermediou, em nome de Palocci, propina de 2 milhões de reais para a campanha de Dilma. Os valores deveriam ser retirados da propina de 2% cobrada pelo Partido Progressista (PP) em contratos com a Petrobras. “No ano de 2010, [Paulo Roberto] acredita que quando Antonio Palocci já não ocupava nenhum cargo no governo federal, recebeu uma solicitação, por meio de Alberto Youssef, para que fossem liberados 2 milhões de reais do caixa do PP, para a campanha presidencial de Dilma Rousseff”, diz trecho da delação do ex-diretor da petroleira.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Fábio Luís Inaimo

    Voltando ao comentário da notícia, Palocci vem aprontando desde que era prefeito em Ribeirão Preto, ficou conhecido lá por isso, só não foi preso antes por estar acobertado pelo governo do PT, que desde sempre soube valorizar seus dotes de desonestidade.

    Curtir

  2. Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha! Nossa bandeira, jamais será vermelha!

    Curtir

  3. Fábio Luís Inaimo

    O mau, ou o engano da PêTêzada é achar que o mundo é um espelho, e que todos são iguais a elles!

    Curtir

  4. Palocci já deveria ter sido indiciado quando comandou o estupro da conta bancária do caseiro Francenildo. É meliante antigo que sempre cometeu seus crimes imaginando que o governo daria a cobertura eterna. Mas um dia a casa cai….Esse vai se ferrar mais que o Zé Repilo Dirceu pois foi que mais se envolveu com propina grossa. A hora que a lava jato abrir a caixa preta do BNDEs e da Usina Belo Monte….Sai de baixo…

    Curtir

  5. Junyor Gomes

    agora só falta prender vcs sabem quem

    Curtir

  6. Esse comparsa do lulladrãao já era para estar preso desde que mandou quebrar o sigilo bancário daquele caseiro, que acabou sendo o condenado por ter caguetado que esse vagabundo participava de orgias naquela casa de prostituição em brasilia.
    Esse vagabundo tem que ficar preso por muito tempo, porque provas de sua participação na quadrilha do lulladrão não faltam.

    Curtir

  7. Luiz Carlos de Siqueira

    A manifestação no STF tem que ser dia 5 de Outubro para não deixar cair a prisão a partir da segunda estância!

    Curtir

  8. MARCELO BENTES

    Tudo certo no Brasil; agora tem que acabar com STF

    Curtir

  9. O socialismo comunista está com os dias contados no Brasil.
    Viva a PF, viva o JUIZ SÉRGIO MORO, viva o MPF, viva a pátria brasileira que voltará ser verde e amarela de novo !
    É o começo do fim do FORO de São Paulo.
    O sindicato deve ser extinto no Brasil.
    Meu apoio total a LAVA – JATO e a você Juiz Sérgio Moro, Obrigado.

    Curtir

  10. José Roberto

    Chora Pietro é de graça. Você não tá entendendo, têm que começar pela ordem, derrubando primeiro o partido mais corrupto!

    Curtir