Clique e assine com 88% de desconto

PF pede mais prazo para investigar Renan na Lava Jato

Pedido será avaliado pelo relator do petrolão no Supremo, ministro Teori Zavascki

Por Da Redação - 9 nov 2015, 23h44

A Polícia Federal solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um prazo maior para investigar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), na Lava Jato. O senador é alvo de três inquéritos da operação que investiga o esquema de corrupção na Petrobras. A prorrogação do prazo será avaliada pelo relator da Lava Jato no Supremo, ministro Teori Zavascki, e pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Como revelou VEJA, Renan foi citado pelo lobista Fernando Baiano em sua delação premiada como um dos beneficiários do petrolão. Baiano é apontado pelos investigadores como o operador do PMDB no esquema de corrupção na Petrobras. O presidente do Senado nega ter recebido propina.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade