Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF investiga ameaça de morte a Edinho Silva no Facebook

A mando do ministro da Justiça, Eugênio Aragão, a Polícia Federal instaurou um inquérito nesta sexta-feira para apurar uma ameaça de morte feita nas redes sociais ao ministro da Comunicação Social, Edinho Silva (PT). Na véspera, o ministro disse que o governo federal deveria buscar o diálogo e procurar baixar o tom para evitar “o primeiro cadáver”. Nesta sexta, porém, líderes de grupos campesinos instrumentalizados pelo PT, convidados para um ato político no Palácio do Planalto, instaram os militantes a promover invasões de terras contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Um homem identificado como Adrianno Ravaglio postou o seguinte comentário na página oficial do ministro no Facebook. “Olha, Edinho Silva filho da p@#* quem vai morrer é você e os petistas”. Em nota, o ministro afirmou que as ameaças não o farão mudar as convicções de que a única saída para a crise é o “diálogo” e a “unidade nacional”: “A democracia não admite atalhos, nem intolerância. A ameaça a mim dirigida é mais uma demonstração da avalanche intolerante que tomou conta do Brasil. Pessoas falam em matar como se fosse um ato simples, sem significado”. (Felipe Frazão, de Brasília)