Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF deflagra nova fase da Lava Jato, autorizada pelo STF

Desdobramento da Operação Satélites mira pessoas ligadas a políticos investigados no Supremo, entre os quais advogado ligado a Renan Calheiros

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira a segunda fase da Operação Satélites, que mira pessoas ligadas a políticos que estão sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). A operação tem como objetivo aprofundar as investigações de desvios na Transpetro, informou a Procuradoria-Geral da República (PGR), que solicitou a ação.

As buscas e apreensões foram autorizadas pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo, para coletar provas de crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa.

A delação do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado serve de embasamento para a operação. Nos mandados, a PF e integrantes do Ministério Público Federal buscam documentos, equipamentos, mídias e arquivos eletrônicos, aparelhos de telefone, valores e outros objetos em endereços residenciais e comerciais em Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe, São Paulo e no Distrito Federal.

Um dos alvos da ação da Polícia Federal é o advogado Bruno Mendes, ligado ao senador Renan Calheiros (PMDB). Ele já ocupou o cargo de assessor parlamentar do peemedebista e foi gravado em uma das conversas de Machado entregues à Lava Jato. O escritório de Mendes foi alvo de mandados de busca e apreensão.

Veja também

A operação é um desdobramento da Satélites, deflagrada pela PF em 21 de março, que teve como alvo pessoas ligadas a Renan e aos também senadores Eunício Oliveira (PMDB-CE), presidente do Senado, Humberto Costa (PT-PE) e Valdir Raupp (PMDB-RO).

À época, em nota, a PF informou a Satélites foi a primeira vez em que se utilizou informações dos acordos de colaboração premiada firmados com executivos e ex-executivos da Odebrecht. Os acordos foram homologados pelo STF  em janeiro deste ano.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. persianasflaci.blogspot.com

    Pra que fazer isso , ninguem fica preso mesmo …

    Curtir

  2. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Parece que vai rodar muito advogado de porta de cadeia, né?!

    Curtir

  3. Francisco Martins

    Ué?!?
    Mas e a “greve geral”???
    “Faio”, né???

    Curtir

  4. Francisco Lemos

    sera por isso que o Renan estava tao nervoso ultimamente?

    Curtir

  5. jose jorge rodrigues lopes

    Poxa!, estou impressionado com a presteza do stf…

    Curtir

  6. Sidney Alves de Oliveira

    Devem todos ; absolutamente todos serem implodidos sim !!
    Desonraram os Cargos e vemos o Povo colocado nas Filas do nada para o nada neee!!!
    Não podem ficar impunes jamais

    Curtir

  7. joao batista de assis pereira

    Esta chegando cada vez mais próximo do parlamentar e salafrário mor da República.

    Curtir

  8. José Carlos Lopes de Oliveira

    Esse STF, é uma decepção atrás da outra. Espero que o Fachin seja uma exceção, porque o que eu vi até agora é apenas um bando de sem-vergonhas a serviço da corrupção.

    Curtir

  9. Então…. Pra quê exame da OAB ? Tá cheio de Advog.ângs.ters sendo presos por aí.
    Carteirinha da OAB não é certificação de honestidade que, ultimamente, está indo muito pelo contrário.

    Curtir

  10. Advogado é tãããão honesto que, mesmo c(umprindo pena, sua licença na OAB continua ativa:
    Veja o exemplo abaixo :

    MIZAEL BISPO DE SOUZA
    OABSP nº: 230389 – Definitivo
    Data Inscrição: 03/09/2004
    Subseção: Guarulhos
    Situação: Ativo – Normal

    Curtir