Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF conclui nos próximos dias inquérito sobre vazamento de delação de Cerveró

A Polícia Federal em Curitiba (PR) pretende concluir nos próximos dias o inquérito aberto para apurar o responsável pelo vazamento do acordo de delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Uma cópia do documento acabou nas mãos do senador Delcídio do Amaral – o senador chegou a dizer em conversa gravada pelo filho de Cerveró, Bernardo, que obteve a delação das mãos do banqueiro André Esteves, hoje afastado do BTG Pactual. Mais tarde, Delcídio recuou da afirmação. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou, contudo, que o banqueiro tinha a minuta da delação. O senador e Esteves acabaram presos por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), que depois reverteu a detenção do banqueiro em prisão domiciliar. Entre os investigados no inquérito estão o agente da Polícia Federal Newton Ishii e o advogado Edson Ribeiro, que atuava na defesa de Cerveró. A defesa de André Esteves nega que ele tenha recebido a prévia da delação. (Laryssa Borges, de Brasília)

Leia mais:

PSDB quer incluir delação de Cerveró em ações no TSE contra Dilma