Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF chama Janot para depor sobre gravações de donos da JBS

Ex-procurador-geral da República afirmou que não poderia comparecer na data marcada e questionou se seria ouvido como testemunha ou investigado

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot foi convocado pela Polícia Federal a prestar depoimento no inquérito que apura citações feitas por delatores da empresa J&F a ministros do Supremo Tribunal Federal.

A polícia pediu que Janot prestasse depoimento no dia 12 de janeiro, mas ele informou que não poderia ir naquela data. A PF informou que vai remarcar. O ex-procurador-geral, que tem uma viagem marcada para a Colômbia no mesmo dia, questionou se prestaria o depoimento na condição de testemunha ou de investigado.

Um áudio entregue à Procuradoria-Geral da República (PGR) pelos próprios delatores mostra o empresário Joesley Batista conversando com o então diretor de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud, sobre a possibilidade de influenciar ministros do STF. Quando a gravação foi divulgada, Janot anunciou uma investigação e chegou a dizer que o conteúdo “era gravíssimo”.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    @MöïT@

    Curtir