Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

PE: Paulo Câmara amplia vantagem e vai a 39%; Monteiro tem 27%

De acordo com o Ibope, atual governador pode ser reeleito no primeiro turno; em caso de disputa, vantagem é de nove pontos para o candidato do PSB

Por Guilherme Venaglia 2 out 2018, 21h16

As intenções de voto atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), subiram quatro pontos percentuais e chegaram a 39%, segundo pesquisa Ibope encomendada pela TV Globo e pelo Jornal do Commercio e divulgada nesta terça-feira 2.

Com isso, Câmara abriu doze pontos de vantagem para o senador Armando Monteiro (PTB), que se manteve em segundo lugar com 27%. Júlio Lóssio (Rede) e Maurício Rands (Pros) registraram 3%, Dani Portela (PSOL), 2%, Ana Patrícia Alves (PCO) e Simone Fontana (PSTU), 1% cada.

Neste momento, o socialista seria reeleito em primeiro turno, por possuir mais do que a soma das intenções de voto dos demais adversários. Ao todo, 15% indicaram intenção de votar em branco ou anular e 8% não sabem ou não responderam.

Caso os candidatos de PSB e PTB se enfrentassem em uma segunda etapa, a vantagem é de Câmara com 43%, contra 34% de Monteiro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Apesar de liderar o levantamento, o atual governador também é o mais rejeitado. São 35% os que declaram descartar o voto nele. Monteiro é rejeitado por 30%, seguido por Portela (21%), Lóssio (20%), Simone (18%), Ana Patrícia (18%) e Rands (17%).

Continua após a publicidade

A pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro e ouviu 1.512 eleitores. O levantamento foi registrado no TSE sob a identificação BR-09633/2018 e no TRE-PE sob a identificação PE-04128/2018.

Senado

Na disputa pelas duas vagas no Senado, cresceu a vantagem do atual senador Humberto Costa (PT) e do deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB). Costa e Jarbas, que possuíam 32% e 31% no último levantamento, agora aparecem numericamente empatados com 33%.

Em terceiro, Mendonça Filho (DEM) oscilou negativamente, de 22% para 20%, assim como Silvio Costa (Avante), de 12% para 11%. Bruno Araújo (PSDB) segue com 9%, seguido por Pastor Jairinho (Rede) com 5%, Adriana Rocha (Rede), Eugênia (PSOL), Hélio Cabral (PSTU) e Albanise Pires (PSOL) com 2%. Lídia Brunes (Pros) e Alex Rola (PCO) apareceram com 1%.

Brancos e nulos são 19% para a primeira vaga e 29% para a segunda vaga. Os que não sabem ou não responderam somam 30%.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês