Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Papa Francisco pede e Guaratiba recebe atenção especial da prefeitura do Rio

Bairro da Zona Oeste, onde seria realizada a missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude, passará por obras de urbanização

Por Da Redação 24 ago 2013, 17h18

O bairro de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, receberá um pacote de obras de urbanização, que inclui o asfaltamento de ruas e a construção de redes de água e de esgoto. O anúncio do investimento da prefeitura na região, onde seriam realizadas a vigília e a missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), ocorreu após um pedido do papa Francisco. O pontífice enviou uma carta ao prefeito Eduardo Paes pedindo “atenção especial” aos moradores do bairro.

“Queria pedir, no pleno respeito à autonomia governamental do município, que fosse dada uma atenção especial aos moradores desse bairro, que tanto sonharam com a realização dos atos centrais da Jornada na sua vizinhança”, escreveu o pontífice.

Na carta, pulicada nesta sexta-feira no twitter do prefeito, o papa Francisco agradeceu a colaboração da prefeitura para que os eventos finais da JMJ, que estavam programados para ocorrer em Guaratiba, fossem transferidos para a praia de Copacabana.

Conforme o site de VEJA mostrou em 2 de junho, o Ministério Público alertou, em maio, para o risco de inundação no terreno em Guaratiba, que na época estava passando por obras para receber 2 milhões de fiéis nos eventos finais da JMJ. Na época, o MP avisou que o terreno é mais baixo do que o nível do mar e que, caso chovesse muito, poderia ficar alagado, impossibilitando a realização do evento católico. Foi o que ocorreu. Em 25 de julho, a prefeitura do Rio anunciou que, devido à forte chuva que atingia a cidade, a vigília e a missa de encerramento da JMJ seriam transferidas para Copacabana.

“Quero dar as minhas congratulações pela colaboração pronta e solícita da prefeitura para que a vigília com os jovens e a santa missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude pudessem ser realizadas na praia Copacabana”, escreveu o papa.

Leia também:

Missa de encerramento da JMJ será em Copacabana, não mais em Guaratiba

Obra da Jornada da Juventude alaga casas em Guaratiba

Ministério Público aponta falhas e riscos na organização da Jornada Mundial da Juventude

Continua após a publicidade
Publicidade