Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palocci se explica a senadores do PT

Em almoço no Palácio da Alvorada, ministro adiantou defesa que levará à PGR sobre o aumento de seu patrimônio

Não parece ser mera coincidência. Na semana em que o ex-presidente Lula recebeu várias queixas dos senadores da base aliada sobre a falta de explicações do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, sobre seu patrimônio, o ministro resolveu se defender.

Em almoço com a presidente Dilma e senadores do PT no Palácio da Alvorada – residência oficial da presidente -, Palocci pediu atenção da bancada para que ele esclarecesse a evolução de seus bens. O ministro apresentou, então, de forma antecipada, os argumentos de defesa que entregará à Procuradoria-Geral da República. “Por mais de quinze minutos e por iniciativa dele, Palocci deu todas as explicações, que nos pareceram bastante consistentes”, limitou-se a dizer o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE). Ele não quis dar detalhes sobre as explicações de Palocci.

O ministro da Casa Civil conversou com os senadores logo após a presidente Dilma quebrar o silêncio e sair publicamente em defesa de Palocci. O fato revela a fragilidade política do governo após as reportagens envolvendo o ministro. Palocci, que não estava dando a atenção desejada pelos parlamentares, teve que procurá-los para evitar sua convocação no Congresso Nacional.

Estavam presentes do encontro a bancada do PT no Senado; o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. As mudanças no Código Florestal também foram tema de discussão no encontro. A presidente já adiantou que vetará o texto aprovado pela Câmara dos Deputados na terça-feira, se ele não sofrer alterações no Senado.