Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Paes nomeia pai de deputado aliado de Arthur Lira na Prefeitura do Rio

Luiz Antônio de Souza Teixeira é pai de Dr. Luizinho (PP-RJ) que, por sua vez, apoia Arthur Lira na disputa pela presidência na Casa Legislativa federal

Por Marina Lang Atualizado em 27 jan 2021, 19h35 - Publicado em 27 jan 2021, 18h30

O pai do deputado federal Dr. Luizinho (PP-RJ) foi nomeado no cargo em comissão pela Subsecretaria de Gestão da Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública da Prefeitura do Rio de Janeiro. A nomeação consta no Diário Oficial do município desta quarta-feira, 27.

Luiz Antônio de Souza Teixeira vai ocupar o cargo de Assistente I na Prefeitura do Rio. A nomeação foi feita pela pasta comandada pelo secretário Marcelo Calero (DEM) que, por sua vez, será exonerado do cargo para votar em Baleia Rossi (MDB-SP) na eleição da Câmara dos Deputados em Brasília, conforme VEJA mostrou. Calero é deputado federal e se licenciou para assumir a secretaria municipal no começo da gestão do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM). 

Rossi é a aposta do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele disputa as eleições na Casa Legislativa federal contra Arthur Lira (PP-AL), que é apoiado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). 

Lira também tem apoio de Dr. Luizinho, que assumiu um papel de protagonismo na campanha do alagoense ao dar apoio estrutural e logístico para as agendas pelo país. Ele também é visto com bons olhos por integrar a Comissão Externa de Enfrentamento ao Covid-19 na Câmara dos Deputados, o que supostamente reforçaria o compromisso com o combate à pandemia do coronavírus numa eventual gestão de Lira. 

Na semana passada, ele esteve presente nas agendas fluminenses da comitiva de campanha que se reuniu na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e com o governador em exercício, Cláudio Castro (PSC). Castro também é apoiado pelo clã Bolsonaro. 

Continua após a publicidade

Conforme VEJA mostrou em dezembro de 2019, Lira foi acusado pela ex-mulher, Jullyenne Lins, de coletar propina enquanto era deputado estadual em Alagoas.

Ele se notabilizou por ser da tropa de choque do ex-deputado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB), afastado do cargo e preso no âmbito da Operação Lava Jato – hoje, ele está em regime domiciliar, monitorado por meio de uma tornozeleira eletrônica. A ex-mulher de Lira também acusou o deputado de agredi-la com socos, murros e pontapés.

Ele nega as acusações – na semana passada, seus filhos saíram em sua defesa e alegaram uma suposta tentativa de extorsão por parte da mãe.

A VEJA, a assessoria de imprensa de Dr. Luizinho confirmou a informação da nomeação do pai, acrescentando que ele já havia sido nomeado em 2019, durante a gestão do ex-prefeito e bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, Marcelo Crivella (Republicanos). Ainda de acordo com a assessoria, o pai de Dr. Luizinho fazia assessoramento na Casa Civil na gestão anterior – agora, deverá fazer parte da Secretaria de Ciência e Tecnologia. 

Procurada pela reportagem, a Prefeitura do Rio de Janeiro declarou que “o advogado Luiz Antônio Teixeira já fazia parte da estrutura do poder municipal e foi renomeado. Desta vez, o profissional trabalhará como assessor jurídico, à disposição da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia”.

Continua após a publicidade
Publicidade