Clique e assine com até 92% de desconto

Datafolha: Paes lidera no Rio; Crivella e Martha Rocha disputam 2º turno

Após ataques de adversários, candidata pedetista cresce em rejeição, mas Crivella segue liderando esse item: 57% dizem que não votam no atual prefeito

Por Marina Lang Atualizado em 5 nov 2020, 21h13 - Publicado em 5 nov 2020, 21h09

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) mantém a liderança nas intenções de voto à prefeitura da cidade a dez dias das eleições do 1º turno com 31% das respostas, de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 5, pelo Datafolha.

Disputam o segundo lugar no levantamento os candidatos Marcelo Crivella (Republicanos), atual prefeito do município com 15%, a ex-delegada Martha Rocha (PDT), com 13% registrados. Ambos estão tecnicamente empatados. O cenário projetado pelo instituto de pesquisas hoje se mantém estável quando comparado com a pesquisa anterior, divulgada há duas semanas.

Crivella subiu dois pontos percentuais em relação às respostas da pesquisa anterior, enquanto Martha Rocha se manteve estável com o mesmo número. Em quarto lugar, aparece Benedita Silva (PT) que, na pesquisa divulgada hoje, caiu dois pontos percentuais e obteve 8% das intenções de voto.

Atrás dos quatro vem um grupo tecnicamente empatado e formado por Luiz Lima (PSL), com 5%, Renata Souza (PSOL) e Bandeira de Mello (Rede), ambos com 3%.

Outro grupo, todos com 1% das intenções de voto, vem em seguida: Clarissa Garotinho (PROS), Fred Luz (Novo), Cyro Garcia (PSTU) e Paulo Messina (MDB). Os demais candidatos não chegaram a pontuar na pesquisa.

Alvo de ataques dos adversários, a pedetista Martha Rocha viu seu índice de rejeição aumentar – de 7% para 11%. No entanto, o líder de rejeição por parte do eleitorado continua sendo Crivella – 57% dos entrevistados disseram que não vão votar no atual prefeito, que é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus. Em seguida, vem Eduardo Paes – 33% dos eleitores declararam que não votarão no candidato. Benedita Silva, por sua vez, registrou 29% de respostas a rejeitando nas intenções.

O levantamento foi feito após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciar seu apoio com ressalvas a Crivella nas eleições municipais, elogiar Eduardo Paes e atacar a candidata pedetista – sem citar o nome dos dois últimos, contudo. O apoio de Bolsonaro é a principal estratégia do atual prefeito no pleito, que vem sofrendo para emplacar seu nome nas pesquisas.

No cenário de um eventual 2º turno com Paes, Martha Rocha caiu sete pontos percentuais em relação ao levantamento feito há duas semanas pelo Datafolha, de 45% das intenções na pesquisa realizada há duas semanas para 38%, enquanto Paes saltou de 41% para 44%. Entre Paes e Crivella, o ex-prefeito do Rio entre 2011 e 2016 tem 53% das intenções de voto contra 25% do atual prefeito.

Continua após a publicidade
Publicidade