Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Paes critica o governo estadual: ‘Atrapalha demais esse chororô’

Em reunião com sua equipe, prefeito do Rio de Janeiro falou a respeito da crise financeira que assola o estado

Incomodado com o clima de insegurança que ronda a realição das Olimpíadas no Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) criticou duramente o governo estadual na manhã deste sábado. Paes sugeriu que o governador em exercício, Francisco Dornelles (PP), “arregace as mangas” e comece a trabalhar para conter a crise no estado. Na semana passada, além de equipes alemãs de televisão terem seus equipamentos roubados, o secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Júnior, aventou a possibilidade de hospitais fecharem as portas por causa da crise financeira.

“Está atrapalhando demais o Rio de Janeiro esse ‘chororô’. Agora está na hora de trabalhar. Confio no governador Dornelles e espero que ele coloque o secretariado para arregaçar as mangas e pare de tanto blá-blá-blá”, disse, após reunião em um hotel na Barra da Tijuca.

Ao comentar a possibilidade de hospitais fecharem as portas durante as Olimpíadas, o prefeito emendou: “É hora de assumir as responsabilidades, os recursos estão disponibilizados, o presidente Michel Temer ajudou, deveriam estar agradecendo, lambendo os beiços e tocando a vida”. O governo federal acabou de repassar 3 bilhões de reais ao Rio de Janeiro.

Especificamente sobre o roubo de equipamentos dos alemães que estão na cidade para cobrir os Jogos, Eduardo Paes avalia que “falta comando”.

O prefeito ainda lembrou que o governo estadual não conseguiu cumprir a promessa de despoluir a Baía da Guanabara e a Lagoa do Jacarepaguá. “Está na hora de prestar serviço e atender à população.”

(Da Redação)