Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Orçamento prevê mínimo de 674,96 reais para 2013

Valor está acima da previsão inicial; aumento do Judiciário ficou em 5%

Por Marcela Mattos 17 dez 2012, 13h06

Se aprovado no plenário do Congresso nesta quarta-feira, o salário mínimo subirá de 622 reais para 674,96 reais em 2013. O valor está acima da previsão inicial, que era de 670,95 reais. No entanto, com a inflação maior, o governo teve de compensar a diferença. A versão final do relatório do orçamento do próximo ano foi entregue nesta segunda-feira pelo relator, o senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Tal reajuste, segundo Jucá, significa um acréscimo total de 1,3 bilhão de reais no orçamento. “Nós cumprimos a lei. Com a atual perspectiva de inflação maior, tivemos de suplementar”, explicou.

O texto final prevê a manutenção do parâmetro macroeconômico enviado pelos ministérios do Planejamento e da Fazenda, que estipula o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 4,5%. Ainda que ousada, Jucá diz que a meta do governo terá o esforço de todos. “Temos de procurar retomar o crescimento e a geração de empregos”, justificou.

Judiciário – A proposta de aumento para o Poder Judiciário não foi contemplada. Os servidores reivindicavam um ajuste de 7,12% em 2013. No entanto, o aumento será mantido em 5%. Jucá disse que a proposta foi analisada, mas que “não havia recursos para ampliar as despesas permanentes de custeio”.

O documento será votado nesta terça-feira pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) e, na quarta, seguirá para o Congresso.

A votação pode se dar condicionada à derrubada dos vetos dos royalties do petróleo. No entanto, o relator não acredita que haverá uma contaminação entre os temas. “Acho a discussão importante e legítima, mas é um assunto restrito aos royalties. O orçamento atende a todos os estados e municípios, acho que todos têm interesse em aprovar.”

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês