Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O recado de Serra aos bolivarianos

Em sua primeira nota pública desde que assumiu o primeiro escalão do governo Temer, o novo ministro de Relações Exteriores José Serra atacou o discurso bolivariano de países alinhados anos a fio aos governos Lula e Dilma e disse nesta sexta-feira que o processo de impeachment que afastou Dilma Rousseff da presidência por até 180 dias não é um golpe. Fizeram coro com a retórica petista os governos da Venezuela, Cuba, Bolívia, Equador e Nicarágua, assim como da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América/Tratado de Comércio dos Povos (ALBA/TCP). Segundo Serra, esses governos e a Alba “se permitem opinar e propagar falsidades sobre o processo político interno no Brasil”. “Esse processo se desenvolve em quadro de absoluto respeito às instituições democráticas e à Constituição Federal. Como qualquer observador isento pode constatar, o processo de impedimento é previsão constitucional”, disse. (Laryssa Borges, de Brasília)