Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O placar de votos que circula nas mãos de Cunha

Entre as diversas contagens de votos sobre o resultado do impeachment que circula na Câmara, pelo menos uma delas passa diretamente pelas mãos do presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A planilha é atualizada diariamente e traz, dividido por cores, o posicionamento de cada um dos 513 deputados. Há, ainda, detalhes sobre quem é o padrinho ou o que influencia diretamente cada parlamentar – as redes sociais são um dos fatores reiteradamente destacados. Pelos cálculos feitos na manhã desta sexta-feira, o impeachment de Dilma Rousseff tem, hoje, o apoio de 365 deputados, com votos vindos principalmente de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A previsão é que o governo tenha 143 votos – 29 abaixo do necessário -, com maior parte dos apoios vindo da Bahia. Há cinco parlamentares com posicionamento indefinido. (Marcela Mattos, de Brasília)