Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

‘O país tem de chegar até uma eleição em 2018’, diz FHC

Ex-presidente participou de almoço com Michel Temer e o senador Aécio Neves. FHC também afirmou que atitude de Calero em gravar Temer 'não é certa'

Por Da Redação Atualizado em 25 nov 2016, 19h08 - Publicado em 25 nov 2016, 18h36

Após participar de almoço com o presidente Michel Temer nesta sexta-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que o país “tem de chegar até 2018” ao se referir ao atual contexto de crise gerado pela demissão do sexto ministro do atual governo, Geddel Vieira Lima. “Temos de chegar até uma eleição em 2018 e temos de nos unir pelo Brasil”, disse FHC. Segundo ele, a demissão de Geddel da Secretaria de Governo foi um dos assuntos tratados, mas a conversa teria sido “mais geral”.

O tucano fez comentários sobre a possibilidade de a conversa entre Temer e o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero ter sido gravada – segundo o ex-ministro, o presidente o pressionou para liberar empreendimento embargado na Bahia nesse encontro. “Uma pessoa gravar uma conversa com outro me parece uma coisa que não é certa. Tem que ter a boa-fé, imaginar que você está conversando com interlocutor. Eu não acho isso correto, ainda mais quando se trata de um presidente da República ou um ministro”, afirmou.

O senador e presidente do PSDB, Aécio Neves, que também participou do almoço, disse que defendeu a ideia de que o presidente Temer envie para o Congresso o texto da Reforma da Previdência logo após o primeiro turno de votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto dos gastos, marcado para o próximo dia 29. “É ideia dele e nós estimulamos que seja após o primeiro turno. E antes do segundo turno não há necessidade de esperar essa votação”, afirmou.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)