Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

‘O governo acabou’: a reação do ‘estarrecido’ João Santana à revelação de Duda Mendonça em 2005

Por Da Redação 23 fev 2016, 14h14

Em 2005, o depoimento de Duda Mendonça à CPI dos Correios, em que o marqueteiro responsável pela campanha que elegeu Lula em 2002 admitiu ter recebido 10,5 milhões de reais do caixa dois do PT em uma conta nas Bahamas, deixou muitos petistas abalados. Alguns desiludidos deputados do partido chegaram a chorar copiosamente no plenário da Câmara. Eles não foram, entretanto, os únicos impressionados com a franqueza do publicitário. Ex-sócio de Mendonça e preso na Operação Acarajé, a 23ª fase da Operação Lava Jato, justamente por receber 7,5 milhões de dólares no exterior advindos corrupção, o marqueteiro João Santana também ficou marcado pela revelação. Em um dos relatos ao jornalista Sérgio Maklouf de Carvalho no livro João Santana: Um Marqueteiro no Poder (2014), Santana contou que trabalhava em uma campanha em Córdoba, Argentina, quando leu notícias do depoimento de Mendonça na internet. A reação do marqueteiro foi “fiquei estarrecido. ‘O governo acabou’, pensei”. Resta saber se, recolhido à carceragem da PF em Curitiba, Santana pensa a mesma coisa a respeito do governo Dilma. (João Pedroso de Campos, de São Paulo)

Publicidade