Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nunes Marques analisará ação contra Bolsonaro por conversa com Kajuru

Ação foi movida por parlamentares do PSOL, que avaliam que o presidente teria tentado 'interferir em mandatos no Senado Federal para atingir membros do STF'

Por Da Redação 14 abr 2021, 21h57

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, foi sorteado na noite desta quarta-feira, 14, relator da ação movida pelo PSOL contra o presidente Jair Bolsonaro após a divulgação de uma conversa entre o chefe do Planalto e o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO).

A notícia-crime é assinada pelos deputados federais David Miranda (RJ), Fernanda Melchionna (RS), Sâmia Bomfim (SP) e Vivi Reis (PA). Na opinião dos parlamentares, Jair Bolsonaro teria tentado “interferir em mandatos no Senado Federal para atingir membros do STF”.

Na ligação, gravada e divulgada por Kajuru no último fim de semana, Bolsonaro pressiona por uma mudança no objeto da CPI da Covid-19, que vai investigar a atuação do governo federal no combate à pandemia. A comissão também deve analisar os repasses feitos a estados e municípios neste período.

O presidente também deu a entender que, caso haja pedidos de impeachment contra ministros do STF, a instalação da CPI pode ser interrompida. Na mesma ligação, Kajuru lembrou que já havia apresentado um pedido de impeachment contra Alexandre de Moraes.

Continua após a publicidade
Publicidade