Clique e assine a partir de 8,90/mês

No Twitter, Eduardo Paes sugere a morador que se mude do Rio e recomenda chopp e pelada a críticos

Por Da Redação - 11 jul 2016, 12h02

Faltando 25 dias para o início da Olimpíada, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), resolveu tirar a tarde deste domingo para responder a comentários no Twitter, desde os mais descabidos, como uma ameaça de explodir a sua casa e a tese de ser um “paulista enrustido”, até a xingamentos de “cara de pau” e prefeito de “m…”. Nas postagens, o peemedebista não fez uso de palavrões, como o fizeram muitos de seus seguidores, mas – em alguns casos – deu respostas tão constrangedoras quanto a dos seus críticos nas redes.

Um usuário identificado como Caio Dantas escreveu em seu perfil que “90% do nojo” que nutre por viver no Rio é “por causa do Eduardo Paes”. O prefeito, então, lhe sugeriu que se mudasse da capital fluminense. Depois, ao ter a resposta contestada por um usuário, ponderou que Dantas poderia “até ficar”, mas constatou que ele mora em Maricá (RJ). O nome da cidade remonta a um dos maiores embaraços da vida pública de Paes, que foi grampeado em uma conversa com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dizendo que Maricá “é uma m… de lugar”.

Tweet Eduardo Paes
Tweet Eduardo Paes VEJA
Tweet Eduardo Paes
Tweet Eduardo Paes VEJA

Outro internauta, identificado apenas como Mateus, postou que Paes estava respondendo “nervosinho” aos tuítes contrários a ele. A resposta veio sob medida: “Deixa de ser mal humorado po. Toma um chopp, joga uma pelada, dorme cedo, vai a igreja, dá uma namorada. Domingo pode”.

Até um post que dizia que Paes era um “agente secreto de São Paulo para destruir o Rio de Janeiro” não ficou sem resposta: “Eita! Gosto muito de São Paulo mesmo”, respondeu ele. Outro que o ameaçava de explodir a sua casa, se ele não entregasse o Maracanã ao Flamengo, foi respondido com sete “carinhas” de assustado.

Dado o teor das respostas, alguns usuários da rede social cogitaram a possibilidade de que o prefeito havia sido hackeado, o que foi negado pela assessoria de imprensa de Paes na manhã desta segunda-feira.

Tweet Eduardo Paes
Tweet Eduardo Paes VEJA

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade