Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Ninguém ganha eleição de véspera’, diz Aécio

Terceiro colocado na corrida presidencial, o candidato tucano visitou a cidade de Itabuna (BA) e prometeu investimentos no Nordeste

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, voltou a criticar nesta quinta-feira o “ciclo perverso do governo do PT” e disse, em ato político na cidade de Itabuna (BA), que “ninguém ganha eleição de véspera”.

“Ninguém ganha eleição de véspera. A eleição se decidirá no momento em que cada brasileiro e brasileira se levantar no domingo de outubro, no dia 5, e encaminhar-se à urna para dizer o que quer, não somente em relação a um partido ou preferência pessoal. Mas o brasileiro e a brasileira vão dizer o que querem para o seu futuro. O que quer para suas famílias. O que quer para aqueles que vivem em sua comunidade”, disse o candidato, terceiro colocado nas pesquisas.

Leia também: TSE nega direito de resposta a Marina sobre propaganda do PT

“Ajudem a tirar o PT do governo, a dar ao Brasil um governo decente, que tenha palavra e que cumpra os compromissos assumidos. O que está aí não dá mais: ninguém aguenta tanta incompetência, a recessão, a inflação e a fuga de empregos”, completou ele ao lado do prefeito de Salvador, Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM), e dos candidatos ao governo da Bahia, Paulo Souto (DEM), e ao Senado, Geddel Vieira Lima (PMDB).

Na Bahia, o candidato reafirmou que, se eleito, pretende diminuir as desigualdades no Brasil e investir mais na região Nordeste. Desconhecido pela maior parte do eleitorado nordestino, o tucano contava conseguir pelo menos 18% dos votos da região Nordeste nas eleições de outubro e diminuir a larga vantagem projetada em favor da presidente Dilma Rousseff – favorita na região graças ao padrinho político Luiz Inácio Lula da Silva e ao programa Bolsa Família como cabo eleitoral.