Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Na TV, PT vai defender Lula e omitir investigação

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 10h47 - Publicado em 1 fev 2016, 14h07

O PT decidiu usar as inserções de propaganda partidária na TV, a partir desta terça-feira, para fazer uma defesa pessoal do ex-presidente Lula, investigado pelo Ministério Público em São Paulo, Brasília e agora também na mira da Lava Jato, em Curitiba. O porta-voz é o presidente nacional do partido, Rui Falcão. Ele afirma que Lula é alvo de “ataques, provocações e perseguições pelos preconceituosos de sempre”. “Eles não aceitam que o Lula continue morando no coração do nosso povo”, diz Falcão no filme de trinta segundos. O partido usa a retórica de sempre para tentar reduzir os fatos a um suposto preconceito contra o ex-presidente e omite, também como sempre, as evidências contra Lula colhidas em investigações sobre tráfico de influência e ocultação de patrimônio, pela qual ele deverá ser denunciado à Justiça, conforme revelou VEJA. (Felipe Frazão, de Brasília)

Publicidade