Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Primeiro café da manhã de Cabral na prisão: pão e manteiga

Ex-governador foi preso nesta quinta-feira na 37ª fase da Operação Lava Jato

Acostumado a refeições de luxo, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral teve para o café da manhã desta sexta-feira pão com manteiga e café com leite, o mesmo cardápio de todos os outros detentos. Cabral foi detido nesta quinta na 37ª fase da Operação Lava Jato e está no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio.

A última refeição desta quinta-feira também foi bem diferente do que Cabral costumava ter em suas refeições: a quentinha servida foi composta por arroz, feijão, macarrão e um punhado de carne moída, que pode ser trocada por frango ou peixe – nada parecido com o prato que Cabral costumava pedir, o bacalhau do Antiquarius, um dos mais requintados restaurantes do Rio e vizinho do prédio em que vivia, no Leblon.

Leia também:
Em imagens, o luxo bancado pela propina a Cabral
‘Operation Car Wash’: prisão de Cabral repercute no exterior

O cardápio do almoço na prisão não varia e o lanche é composto por guaraná e pão com manteiga ou bolo. As mesmas refeições serão servidas ao também ex-governador Anthony Garotinho, preso um dia antes de Cabral, que foi transferido à força para Bangu na noite desta quinta.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. É uma injustiça, deveriam prender os políticos comunistas e não quem trabalha com a direita.

    Curtir

  2. lugar de ladrao e na cadeia.Pau neles

    Curtir

  3. adson miranda de almeida

    eu sempre acreditei que quem planta colhe.

    Curtir