Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mulher de lobista será a 1ª ré a depor à Justiça na Zelotes

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, responsável pelos processos da Operação Zelotes, antecipou para a próxima terça-feira, dia 2 de fevereiro, o depoimento da ré Cristina Mautoni Marcondes Machado. Ela será a primeira acusada a depor formalmente à Justiça Federal. Cristina é mulher de Mauro Marcondes, um dos principais lobistas da indústria automobilística e ex-dirigente da Anfavea [Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores]. Ambos estão presos. Conforme a denúncia, o casal liderou uma quadrilha suspeita de comprar medidas provisórias com pagamento de propina no governo e no Congresso, além de subornar integrantes do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) para reduzir ou eliminar autuações tributárias. A empresa do casal fez pagamentos de 2,5 milhões de reais a uma empresa de Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula. Cristina e Mauro Marcondes acompanham desde segunda-feira a fase de oitivas de testemunhas na 10ª Vara Federal, em Brasília (DF). Cristina se desloca em cadeira de rodas, porque ainda se recupera de uma cirurgia de varizes. A defesa alegou que ela está debilitada fisicamente, e o juiz aceitou antecipar o depoimento. Ela abriu mão de ser ouvida após as testemunhas, como de praxe, e está ciente de que pode ser obrigada a depor novamente. Cristina estava em prisão domiciliar, mas por enquanto fica presa na carceragem da Polícia Federal. O juiz também formalizou nesta quarta-feira a dispensa dos réus de acompanharem as próximas audiências. (Felipe Frazão, de Brasília)